A luz e seu espetáculo.

A luz, tão comum em nosso dia-a-dia, é um fenômeno que fascina os pesquisadores. Ainda hoje não é possível defini-la como onda ou partícula, pois ela se comporta das duas formas. Carl Sagan, em seu livro Bilhões e Bilhões, reconhecendo sua singularidade, escreveu que

“esse dualismo onda-partícula nos lembra mais uma vez um fato humilhante fundamental: a natureza nem sempre se ajusta às nossas predisposições e preferências, ao que consideramos confortável e fácil de compreender” (pág. 47).

luz-sensacional-2-aguas-do-marNas palavras do jornalista Francisco Lemos, “é … um tipo de energia especial que viaja pelo espaço como se estivesse empacotada em bolinhas muito pequenas, conhecidas como fótons. Essas partículas viajam enfileiradas, formando raios luminosos. … As partículas que a formam são a coisa mais rápida do Universo. Elas viajam a 300 mil quilômetros por segundo. Isso é velocidade suficiente para dar oito voltas ao redor da Terra em um segundo” (Natureza Viva, pág. 268).

Um raio de luz é a trajetória da luz em determinado espaço e sua representação indica de onde a luz é criada e para onde ela se dirige. O conceito de raio de luz foi introduzido por Alhazen. Propagando-se em meio homogêneo, percorre trajetórias retilíneas; somente em meios não-homogêneos pode descrever trajetórias curvas.(Wikipédia)

luz-sensacional-4-aguas-do-marAo analisar o fenômeno da visão, surgem algumas dúvidas: Por que nossos olhos captam apenas o espectro da luz visível? Por que não temos olhos capazes de visualizar os raios gama, por exemplo? A resposta, mais uma vez, tem que ver com planejamento inteligente. A maioria dos materiais absorve pouco a luz visível, razão pela qual vemos as coisas – a partir da luz refletida nelas. No entanto, o ar é geralmente transparente à luz visível. Assim, a luz atravessa a atmosfera e chega até nós, possibilitando-nos o fenômeno da visão. Os raios gama, por outro lado, são inteiramente absorvidos pela atmosfera antes de chegar ao chão. Olhos de raios gama, portanto, teriam emprego limitado numa atmosfera que torna tudo negro como breu no espectro de raios gama.

luz-sensacional-1-aguas-do-marA multiplicidade das bênçãos recebidas do Sol da Justiça, como Deus é comparado na Bíblia, é bem ilustrada pelo espectro da radiação solar. Cerca de 70% da energia irradiada pelo Sol situa-se entre os comprimentos de onda de 0,3 a 1,5 microns, correspondente à banda da luz visível, acrescida do infravermelho e da luz ultravioleta. Essa é exatamente a faixa da radiação necessária à manutenção da vida.

Notável “coincidência” que se constitui em mais uma evidência de planejamento na Criação.


Fonte: Criacionismo; Michelson Borges

Pegue seu presente agora mesmo!

Digite seu email abaixo e ganhe o Ebook

Evidências da Existência de Deus

Seu email nunca será compartilhado.

Powered by Optin Forms
Compartilhe
Casado com Priscila Reis com quem tem 3 lindos filhos. Cristão, Economista. Gosto de música, viagens, e de ler. Saiba mais AQUI.

Deixe uma Resposta

Please enter your comment!
Please enter your name here